Um novo mundo

DSC_0949

Hoje decidi voltar no tempo e escrever um pouco sobre a decisão de estudar na Le Cordon Bleu e minha mudança para o Canadá.

Quando fui para os Estados Unidos em 2013, acompanhando meu marido em uma nova fase de sua carreira, tive a oportunidade de me dedicar e dar mais atenção a algo que sempre foi um hobbie e uma grande paixão em minha vida, a gastronomia.

Comecei a testar mais receitas, experimentar novas cozinhas e me voluntariei para ajudar uma Chef muito querida e extremamente talentosa chamada Christiane Brasileiro que me inspirou muito. Quando voltei ao Brasil após seis meses incríveis em Nova Iorque decidi fazer um curso na Escola de Confeitaria do Chef Diego Lozano para começar a entender melhor esse mundo tão complexo e fascinante.

Após me formar e começar a trabalhar de forma independente com encomendas a vontade de me aprimorar foi se tornando mais forte e surgiu então a idéia de fazer um curso profissional. Eu e meu maior incentivador, meu marido, decidimos então que a experiência fora do país seria interessante e então busquei escolas que me interessaram e também países nos quais poderíamos também construir uma vida após a escola.

Depois de várias pesquisas sobre as escolas nos Estados Unidos, Austrália, Inglaterra e Nova Zelândia, decidimos pelo Canadá. Apliquei para a Le Cordon Bleu Institute of Culinary Arts em Ottawa e fui aprovada. Em Setembro de 2014 nos mudamos com mala, cuia e cachorro, muitos sonhos e objetivos traçados.

Chegamos no Outono, as árvores começando a mudar de cor e o friozinho aparecendo aos poucos. O primeiro dia de aula foi uma emoção que é díficil descrever. Eu, com 38 anos, deixando uma carreira de 13 anos no Banco do Brasil e começando tudo de novo, em um novo país, em uma carreira totalmente diferente e apaixonante tive que me adaptar rapidamente e arregaçar as mangas para os novos desafios que estavam por vir.

Quando recebi meu uniforme e os professores foram se apresentando meus olhos se encheram de lágrimas, fiquei toda arrepiada e me beliscando para acreditar que aquilo não era sonho e sim resultado de muita coragem e determinação.

Comecei pelo curso de Culinária e depois completei o curso de Confeitaria. Me formei no renomado programa Grand Diplome com menção honrosa em uma das melhores escolas de Gastronomia do Mundo.

Quanto orgulho do meu marido que abriu mão de seu emprego no Brasil antes de nos mudarmos para o Canadá e me seguiu nesse nosso sonho. Meu maior fã, meu melhor amigo, obrigada!

Só posso concluir dizendo, acreditem no seu sonho, tenham um objetivo e busquem sempre sua realização pessoal. Nunca é tarde e nada é impossível. Acredite!

 

Tarte Tatin

Oi gente!!! Mil perdões pelo meu sumiço mas a vida está uma loucura por aqui com escola e trabalho. Estava com saudades de escrever aqui e colocar receitinhas gostosas pra vocês. Vou tentar escrever com mais frequencia e se vocês tiverem alguma curiosidade ou alguma receita que queiram que eu teste e publique aqui podem me enviar que farei com o maior prazer.

Vou contar um pouco sobre a receita desta torta super simples e deliciosa que fiz essa semana e que é super tradicional na França. A Tarte Tatin é uma torta de cabeça pra baixo, na qual a fruta é caramelizada em manteiga e açúcar antes da torta ser assada.

Uma das várias versões da história conta que a mesma foi criada acidentalmente no Hotel Tatin em Lamotte-Beuvron, França, nos anos 1880. O hotel era administrado pelas irmãs Stéphanie e Caroline Tatin. Stéphanie que era a irmã que mais cozinhava, em um dia atarefado de trabalho, começou a fazer uma tradicional torta de maçã mas deixou as maçãs cozinhando em açúcar e manteiga por tempo demais. Quando começou a sentir o cheiro de queimado ela tentou salvar a torta colocando a massa sobre as maçãs e levando ao forno imediatamente para finalizar. Depois de virar a torta e servir aos clientes do hotel, ela teve a grata surpresa de ver que seu erro se tornou um grande sucesso.

FullSizeRender-5

Tarte Tatin

Ingredientes

200 gr de massa folheada

4-6 maçãs

120 gr de açúcar

20 gr de manteiga

1 fava de baunilha

2 gr de pectina

Geléia de Brilho para pincelar

 

Modo de preparo

Remover a casca da maçãs e cortá-las em 4, retirar as sementes.

Separar 1/3 do açúcar em um bowl com a pectina.

Na assadeira onde assará a torta colocar o restante do açúcar e a manteiga, levar ao fogo até formar um caramelo.

Cortar a fava de baunilha ao meio em sentido do comprimento e colocar a metade com as sementes virada para o fundo da assadeira.

Alinhar as maçãs no fundo da assadeira uma ao lado da outra formando um círculo, encaixe bem as maçãs. Quando você mover a assadeira elas devem permanecer no lugar. Polvilhar as maçãs com a mistura de açúcar e pectina.

Leve as maçãs ao forno pré-aquecido a 180ºC até que estejam cozidas ao dente. O ponto pode ser testado usando uma faca, quando colocar a faca e tiver pouca resistência na maçã elas estão prontas.

Retirar do forno, deixar esfriar.

Abrir a massa folheada de forma que cubra as maçãs que estão na assadeira.

Após as maçãs terem esfriado, cobrir com a massa folheada e voltar ao forno. Assar até a massa folheada estar dourada.

Remover do forno e desenformar imediatamente. **** Cuidado nesta hora pois o caramelo pode escorrer, vire do lado oposto ao seu e use dois guardanapos ao lado da assadeira para se protejer.

Pincelar com a geléia de brilho.

Bom Apetite!!!

Salmão Cru marinado com Tomilho e Açafrão

IMG_3544

Ingredientes

400 gr de salmão

200 gr de sal grosso

100 gr de açúcar

1 unidade de laranja, suco e raspas

1 unidade de limão siciliano, suco e raspas

10 gr de pimenta do reino

15 ramos de tomilho

1 gr de açafrão

Azeite de oliva o quanto baste

 

Preparo

Em uma assadeira colocar o salmão com a pela virada para baixo e temperar com sal, açúcar, raspas de limão e laranja, pimenta, 5 ramos de tomilho (somente as folhas) cobrir e deixar uma noite na geladeira.

Remover os temperos, secar o salmão com papel toalha.

Em uma panela aquecer o suco de limão e da laranja com o açafrão, retirar do fogo temperar com sal e emulsificar com azeite de oliva acrescentando aos poucos mexendo com um fouet até ficar com consistência cremosa.

Cortar o salmão e fatias finas e servir com o molho de açafrão.

IMG_3543

Carré de Porco com Azeitonas

FullSizeRender-2

Outro dia postei uma foto minha cortando um Carré de Porco e meus amigos amaram! Uma querida em especial me disse que seu marido ficou muito animado pela foto e gostaria que ela preparasse o Carré pra ele. Cristina Galvão agora não tem desculpa! Olha a receitinha ai!

Ingredientes

1 carré de porco com 4 pedaços

60 gr de cenouras

60 gr de cebolas

30 gr de salsão

5 unidades de dentes de alho

 

Molho

150 ml de vinho branco

500 ml de caldo de carne

1 bouquet garni

25gr de azeitonas pretas

sal e pimenta do reino

100gr de tomates

 

Preparo

 

Temperar o carré de porco com sal e pimenta.

Cortar os vegetais em cubos pequenos.

Retirar pele e sementes dos tomates e cortar em cubos.

Em uma panela grande que possa ser levada ao forno colocar óleo e selar o porco até que ganhe coloração de todos os lados, retirar da panela e reservar.

Na panela que selou o porco colocar os vegetais com os dentes de alho inteiros e suar até ganhar coloração.

Após colorir os vegetais coar para remover exceso de gordura e voltar os vegetais para a panela.

Adicionar o vinho branco, bouquet garni, sal e pimenta.

Cobrir a ponta dos ossos do carré de porco com papel alumínio para não escurecer , acrescentar os cubos de tomate e colocar o carré sobre os vegetais, adicionar o caldo de carne sobre o porco tampar a panela e levar ao forno 220ºC por uma hora, virando após 30m de cozimento.

Após o cozimento retirar o carré da panela e deixar descansar por 30 minutos coberto com papel alumínio.

Reduzir o molho que ficou na panela até a metade e coar.

Voltar o molho ao fogo, adicionar uma colher de manteiga e mexer até dissolver, não deixar ferver, acrescentar as azeitonas.

Servir o porco com o molho e o acompanhamento de sua preferência. No da foto foi servido com ratatouille.

IMG_3626

Ratatouille Niçoise

FullSizeRender

Essa receita deliciosa ficou muito famosa após o filme do ratinho cozinheiro.

O prato tradicional da cozinha francesa é original da cidade de Nice por isso o nome Ratatouille Niçoise, é um cozido de vegetais geralmente servido como acompanhamento de pratos ou mesmo como prato principal junto com pães e massas.

 

Ingredientes

1 unidade de abobrinha

1 unidade de cebola

1 unidade de pimentão vermelho

1 unidade de pimentão verde

2 unidades de tomates sem pele

2 unidades de dente de alho

1 unidade de beringela

50 ml de azeite de oliva

10 g de pasta de tomate (opcional)

sal

3 ramos de tomilho

Pimenta branca moída

 

Preparo

 

Cortar a cebola ao meio e depois em fatias finas.

Tirar a pele do tomate e cortar em cubos.

Picar o alho em pedaços bem pequenos.

Remover sementes dos pimentões e cortar em tiras de 1cm.

Cortar a beringela em cubos.

Cortar a abobrinha em 4, retirar semente e cortar em cubos.

Em uma panela que possa ser levada ao forno coloque 10ml de azeite para aquecer e começar a reforgar a cebola, colocar sal e pimenta e 1/2 colher de sopa de açúcar, deixar no fogo até dourar mexendo sempre, acrescentar pasta de tomate e reservar.

Em uma frigideira antiaderente colocar um fio de óleo e ir refogando os vegetais separadamente sempre temperando com um pouco de sal e pimenta, após refogar colocar junto com a cebola e repetir o processo com os outros vegetais. Não refogar o tomate.

Depois de todos os vegetais refogados e colocados junto com a cebola acrescentar os tomates, misturar todos os ingredientes, acrescentar 20ml de azeite, tampar e levar ao forno 160ºC por 35 minutos.

Opicional: acrescentar azeitonas verdes e pretas.

 

 

 

Couscous com frutas secas e especiarias

IMG_3550

Eu amo Couscous, acho super versátil e combina muito com qualquer tipo de carne ou vegetais cozidos ou ensopados. O couscous é tradicionalmente uma comida Norte Africana e também do Oriente Médio mas ganhou o gosto dos franceses que a elegeram seu 3º prato favorito em 2011. O couscous conquistou paladares pelo mundo todo e hoje é facilmente encontrado nos supermercados brasileiros. Essa receita, em especial, foi para acompanhar um peito de peru recheado preparado por mim na Le Cordon Bleu, mas pode ser usada com qualquer outro tipo de carne e também pode ser servido quente ou frio.

 

Ingredientes

250 gr de couscous

20 ml de azeite de oliva

300 ml de caldo de galinha

3g de cominho

1 unidade de anis estrelado

1 unidade de cravo

pimenta do reino preta em grãos

10g de coentro fresco

1g de paprika

1 unidade de canela em pau

30g de figos e/ou ameixas secas

4 unidades de damasco

30g de uvas passas

20g de manteiga sem sal

Sal

Salsinha

 

Modo de preparo

 

Cortar as frutas secas em cubos e misturar com o couscous.

Ferver o caldo de galinha com as especiarias, azeite de oliva e a manteiga.

Coar o caldo e acrescentar no couscous. Mexer bem.

Cobrir com plástico filme e deixar descansar por 10 minutos.

Cortar o coentro fresco e acrescentar ao couscous para finalizar.

Servir com a carne de sua preferência.

IMG_3540

Sopa de Morangos com Laranjinhas e especiarias

IMG_3538

Ingredientes

1 unidade de erva cidreira

2 gr de gengibre

1 gr de açafrão

1 gr de canela em pó

1/4 de vagem de baunilha

1 unidade de cardamomo

500 gr de morangos

250 gr de açúcar

1 litro de água

2 unidades de limão siciliano, suco e raspas

1 unidade de laranja, suco e raspas

2 unidades de laranjinha Kinkan

2 unidades de folhas de manjericão

4 unidades de folhas de coentro

1 ramo de estragão

1 ramo de tomilho

 

Modo de Preparo

Cozinhar 1 litro de água, 250gr de açúcar, gengibre, erva cidreira,  gengibre, cardamomo, baunilha e as laranjinhas, coar e reservar o caldo e as laranjinhas.

Lavar e retirar os cabos dos morangos, cortar em 4 e juntar ao caldo.

Ralar casca da laranja e do limão siciliano, reservar.

Em uma panela colocar o suco da laranja e o açafrão e ferver, juntar ao caldo.

Adicionar ao caldo as raspas do limão e da laranja, as folhas do tomilho, manjericão, coentro, estragão picadas, suco dos limões sicilianos e a mistura de açafrão e laranja. Misturar tudo e manter na geladeira.

Servir quando gelado.

IMG_3542 IMG_3541

Beringela Recheada

IMG_2392

Uma receitinha da Le Cordon Bleu mais light do que as que tenho postado ultimamente! rsrs

Espero que façam e postem pra eu ver o resultado.

 

Ingredientes

2 unidades de beringela

1 unidade de limão – suco e raspas

1 kg de cebolas

8 unidades de tomates

40 ml de azeite de oliva

sal e pimenta do reino

3 ramos de tomilho

2 unidades de dente de alho

5 ramos de manjericão

2 ramos de salsinha

150 gramas de feta cheese

200 gramas de carne moída

 

Preparação

Cortar a beringela ao meio.

Retirar o miolo deixando bordas de 0,5cm.

Em uma assadeira forrada com papel manteiga colocar as beringelas, regar com azeite de oliva, temperar com sal e pimenta do reino e levar ao forno 190ºC por 10 minutos.

Em outra assadeira colocar o miolo da beringela e colocar sal para retirar excesso de água e amargor, deixar descansar na geladeira por 10 minutos.

Cortar a cebola em cubos pequenos.

Amassar o alho e picar bem pequeno.

Picar salsinha.

Cortar o manjericão em tirinhas.

Tomate – retirar pele e sementes. Fazer um X com a faca na extremidade do tomate oposta ao cabo e levar a água fervente por 30 segundos. Colocar imediatamente em água gelada para interromper o cozimento e retirar a pele. Cortar ao meio e retirar as sementes. Cortar em cubos pequenos.

IMG_2382IMG_2383IMG_2385

IMG_2386 IMG_2388

Preparo do Recheio

Em uma frigideira aquecer azeite de oliva e refogar a carne moída temperada com sal e pimenta do reino. Reservar

Após 10 minutos na geladeira retirar o miolo da beringela e cortar em cubos do mesmo tamanho do tomate.

Em uma frigideira aquecer azeite suficiente para suar as beringelas, é necessário que o óleo seja bem quente.

Acrescentar a beringela e temperar com sal e pimenta, mexer.

Após 2 minutos colocar cebolas e mexer bem. Deixar a cebola cozinhar até estarem douradas.

Adicionar os tomates, suco de limão e raspas, alho e salsinha. Deixar um minuto e acrescentar queijo feta cortado em cubos, folhas de tomilho e manjericão.

Juntar a carne moída ao recheio e refogar por mais 2 minutos.

Finalização

Rechear as beringelas e levar ao forno 190ºC por 12 minutos.

 

 

 

 

 

Eggs Benedict

Primeiro quero pedir desculpas aos amigos que acompanham meu blog, pois devido a decisão de cursar Culinary Arts na Le Cordon Bleu, o processo para entrar na escola e os preparativos para a viagem, acabei não tendo tempo de atualizar o blog.

A aventura por aqui está no começo. Finalizei o módulo básico e estou muito feliz por ter escolhido tanto a Le Cordon Bleu como Ottawa para viver essa experiência. Apesar do frio e muita neve a cidade é bem organizada, o transporte público funciona e como é relativamente pequena, 900 mil habitantes, tudo é muito tranquilo.

Agora vamos falar um pouco sobre a receita feita para o Blog direto do Canadá. Quem me conhece sabe o quanto amo Eggs Benedict, nos EUA fui a vários restaurantes em busca do meu predileto.

Sarabeth’s chique em vários endereços espalhados por Manhattan tem a delícia servida com bacon canadense ou salmão defumado.

Marseille serve brunch nos finais de semana, o eggs é uma delícia e super bem servido.

Clinton St. Banking Company lugar bem pequeno com espera que chega a mais de 30 minutos. Tudo é muito fresco e saboroso. As panquecas são deliciosas e bem servidas, eu provei a de blueberry e amei  o eggs benedict, delicioso, servido em um pãozinho chamado buttermilk biscuit. Um dos cafés mais gostosos que provei em Manhattan, vale a visita.

New Wave Café fica na 2210 Broadway, não tem site e está sempre cheio de moradores locais. O local é bem simples, cara de filme americano, mas a comida é saborosa com preços razoáveis e as porções generosas. O preferido da minha irmã.

PJ Clarks localizado em alguns pontos da cidade.Eu provei Eggs no do Lincoln Square e na unidade ao lado do Rio Hudson, o melhor eggs na minha opinião foi o da unidade perto do rio Hudson, pois além de delicioso a vista que é incrível!

No Canadá:

Meadows fica na 455 Preston St em Little Italy, super tradicional, simples e frequentado por moradores locais tem ótimos preços e os pratos são muito bem servidos. O Eggs é tudo de bom! Vale a visita.

Brothers Beer Bistro aos finais de semana serve brunch, provei o Brisket and Eggs, que é um eggs benedict feito com brisket (carne bovina localizada na parte dianteira), gostoso mas ainda não superou o tradicional Meadows.

Depois de falar sobre alguns que já provei e gostei testei a receita em casa e vou dividir com vocês, espero que gostem, façam, e compartilhem a experiência!

IMG_2123

EGGS BENEDICT – 2 porções

Molho Holandês

100g de manteiga sem sal

1 gema

1/2 colher de sopa de vinagre ou suco de limão

sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Preparo

Derreter a manteiga, reservar.

Banho maria: aquecer uma panela com aproximadamente 1/3 de água, quando ferver retirar do fogo.

Em uma tigela juntar a gema, vinagre/limão e mexer bem, adicionar uma colher de sopa da água aquecida na mistura e bater bem. Colocar a tigela sobre a panela com a água quente e bater vigorosamente incorporando a manteiga derretida aos poucos. Não deixe a temperatura da tigela esfriar. Se notar que o creme está frio aqueça a água novamente, não deixe ferver para que a mistura não vire ovos mexidos.

Para saber o ponto basta passar o dedo na parte de trás de uma colher. Se o creme escorrer continuar mexendo. Se o creme não escorrer o ponto já foi atingido.

Quando estiver no ponto retirar a tigela do banho maria e temperar o molho com sal e pimenta a gosto. Reservar.

Ovos Pochê

4 ovos

4 fatias de lombo de bacon*

2 english muffins**

sal a gosto

cebolinha a gosto

Preparo

Para fazer os ovos pochê em uma panela pequena alta coloque água para ferver, quando levantar fervura abaixe o fogo para que não borbulhe.

Quebre os ovos separadamente. Com uma colher mexa a água em círculos para formar um redemoinho no centro e coloque o ovo quebrado no centro do redemoinho. Deixe cozinhar por 3 minutos. Retire usando uma escumadeira e transfira para uma tigela com água fria para parar o cozimento. Repita o processo com os outros 3 ovos.

Na hora de servir coloque os ovos em água fervente por alguns segundos, se os ovos estiverem frios.

Aqueça uma frigideira e regue com um fio de azeite. Leve o bacon para dourar dos dois lados.

Leve os muffins ao forno para aquecer cortados ao meio.

Montagem

Em um prato coloque as duas metades de um muffin lado a lado, espalhe molho holândes, por cima coloque as fatias de bacon e um ovo pochê em cada muffin, regue com mais molho e finalize com cebolinha a gosto.

Opcional:

Servir com uma saladinha ou batata sauté

Batata Sauté

2 batatas

água

sal

1 colher de sopa de manteiga.

Preparo

Descasque as batatas e corte em cubos de 2cm.

Cozinhe em água com sal até estarem macias. Retire e escorra bem.

Aqueça uma frigideira, coloque a manteiga e frite as batatas até estarem douradas.

Temperar com sal a gosto.

*Lombo de Bacon pode ser substituído por salmão defumado, bacon, presunto, etc.

**English Muffin pode ser substituído por pão de forma, pão francês, ou outro de sua preferência.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑